Como promover e medir a felicidade no ambiente laboral

Artigos Como promover e medir a felicidade no ambiente laboral
  • 05 Feb, 2021

Como promover e medir a felicidade no ambiente laboral

Para uma empresa ter sucesso, é preciso que cuide dos seus trabalhadores e da sua felicidade no meio laboral. No entanto, quando se fala em trabalho, a maioria da população portuguesa não pensa em alegria, mas sim em cansaço e desgaste. Estas dicas podem ajudar a melhorar a relação trabalho-trabalhador.

Qualquer pessoa ambiciona ser feliz. Este é o grande objetivo comum do ser humano e, para tal, é costume que tomemos decisões em prol dessa necessidade.  Essas tomas de decisões podem ser maiores, como aquelas que moldam o caminho da nossa vida, ou mais pequenas, como as que tomamos no nosso dia-a-dia e que vão ao encontro desse mesmo objetivo. O meio laboral não é exceção.  

Muitos portugueses fazem um paralelismo direto entre o trabalho e o cansaço, desgaste e até desperdício de tempo. Estes sentimentos podem estar relacionados ou com a própria função que desempenha, que não é a que mais gosta, ou com a felicidade que sente nesse emprego, seja por questão de convívio com os colegas ou má relação com a chefia. 

Atualmente, existem várias formas de a sua empresa promover e garantir a felicidade dos seus colaboradores. A Marketividade juntou alguns exemplos!

Poderá estar a questionar-se o que é que as empresas ganham em manter os seus trabalhadores felizes. E essa pergunta tem uma resposta fácil: está cientificamente comprovado que a felicidade em ambiente laboral leva a um melhor desempenho das funções, a uma maior produtividade e a um ambiente e trabalhadores mais saudáveis, reduzindo o prejuízo para a empresa por doenças físicas ou psicológicas. Paralelamente, os trabalhadores, ao estarem felizes, têm um maior gosto por trabalhar em equipa, fazendo com que ganhem mais lealdade ao trabalho. 

Tudo isto resulta, pois claro, em clientes satisfeitos e um maior retorno para a empresa.

Assim sendo, são já conhecidas várias práticas para promover a felicidade em meio laboral que tendem a mostrar-se benéficas para a empresa, tais como:

  • Garantir um bom ambiente – É fundamental que o empregado se sinta bem no local de trabalho com os seus colegas e que se sinta incluído. Criar um espaço de convívio e momentos de descontração, como atividades de Teambuilding, são boas maneiras de criar laços entre as pessoas.
  • Feedback personalizado – Mostrar que cada pessoa tem o seu valor para a empresa e fornecer feedback personalizado de forma a que cada um possa crescer e evoluir. Receber feedback de bom grado é também importante para que os trabalhadores se sintam ouvidos e para que haja confiança dentro da organização.
  • Flexibilidade – O empregado é, acima de tudo, uma pessoa. É importante que haja flexibilidade na gestão de horários de forma a que haja equilíbrio entre a vida pessoal e a profissional.
  • Formação Contínua – Incentivar o crescimento pessoal e profissional com a participação em workshops, por exemplo, como forma de valorizar e melhorar as capacidades e habilidades dos empregados.

Estas são algumas das medidas que as empresas podem facilmente colocar em prática. No entanto, também os colaboradores deverão mostrar vontade de aprender e procurar evoluir. Como em tudo, há que haver esforço e compromisso dos dois lados da equação para que o resultado seja positivo.