Copywriting: a arte de influenciar através da escrita

Artigos Copywriting: a arte de influenciar através da escrita
  • 04 Aug, 2020

Copywriting: a arte de influenciar através da escrita

Copywriting é um conjunto de técnicas utilizadas por um especialista em produção de textos persuasivos, criativos e cativantes (copywriter). Estas técnicas podem ser utilizadas na produção de diversos tipos de texto sempre com o objetivo final de impulsionar as estratégias de Marketing e Vendas e criar interesse no público alvo.

Copywriting é um conjunto de técnicas utilizadas por um especialista em produção de textos persuasivos, criativos e cativantes (copywriter). Estas técnicas podem ser utilizadas na produção de diversos tipos de texto sempre com o objetivo final de impulsionar as estratégias de Marketing e Vendas e criar interesse no público alvo.

O copywriter planeia e desenvolve conteúdos focados na conversão. Para ser um bom copywriter não basta escrever bem, é necessário dominar o vocabulário, ter noção do peso de cada palavra e de que forma esta vai impactar o público. Um bom copywriter é aquele que consegue premeditar a emoção que as suas palavras vão provocar em quem lê e quem ouve.

Existem muitas pessoas com ótimas técnicas de escrita, mas nem todas têm o à vontade para captar a atenção de outros e fazê-los tomar uma ação. Um copywriter não é um romancista, é um influenciador literato.

Ao produto final do trabalho de um copywriter dá-se o nome de copy, um texto que pode ser aplicado aos mais diversos formatos (anúncios, conteúdo de websites, publicações para as redes sociais e conteúdos da marca em geral). No final serão todos interessantes, atrativos e persuasivos de modo a gerarem conversões e vendas.

Ser copywriter é mais do que desenvolver textos cativantes, é atribuir uma “voz” à marca, com uma personalidade atraente e que será identificada por todos os clientes seguidores.

O CTA (Call to Action) – ou chamada de atenção – é um dos principais elementos que devem estar inseridos no copy. É o CTA que vai impulsionar o leitor a realizar a ação pretendida, como comprar um produto, contratar um serviço ou assinar uma newsletter, por exemplo. Com o recurso ao CTA, o copywriter consegue captar a atenção do utilizador e fazer com que siga as instruções dadas. Mas não basta escrever “Compre já!”.

Existem várias técnicas de escrita para levar o público a executar uma ação, mas há coisas que tornam certos textos mais atrativos do que outros.

Por exemplo:

1- Compre já!

2- Aproveite o desconto de 30%. Só hoje!

Qual destas considera que o levaria a comprar mais rapidamente? Provavelmente a 2, porque além de lhe indicar o que deve fazer ainda o informa que para aproveitar a promoção deve efetuar a compra hoje.

Mais do que oferecer promoções, o copywriter deve trabalhar sobre a verdade. De nada vale dizer que existe um desconto se na realidade o preço se mantém o mesmo de sempre.

Uma comunicação fiel e aberta vai permitir com que o público crie uma maior taxa de engagement e confie nos produtos e comunicados da marca.

Ser copywriter não é uma tarefa fácil. Há que ser culto, estar profundamente informado sobre o tema que se está a desenvolver, ser criativo e ainda ter noções de marketing e do próprio negócio. Acima de tudo o copywriter deve ser uma pessoa extremamente interessada pelo que faz.

E vocês, já encontraram alguém assim?