Comunicação positiva: o que é e para que serve?

Sabemos que todos nós tivemos que nos adaptar a uma nova realidade. As empresas não foram exceção, sendo que algumas tiveram mais facilidade do que outras. Seja pelo tipo de negócio ou pela falta de condições para que os trabalhadores trabalhassem a partir de casa, a verdade é que este foi um desafio pelo qual todos tivemos que passar – e ultrapassar.

Em primeiro lugar, a comunicação positiva prende-se com um conceito de uma cada vez maior humanização das empresas. Com as pessoas distantes do local de trabalho presencial, é importante aprender a motivar os trabalhadores, de forma a garantir a continuação do sucesso e produtividade da empresa.

Segundo os dados estatísticos do Instituto Nacional de Estatística (INE), 58% das empresas continuam a reportar uma redução do volume de negócios, especialmente nos setores do alojamento e restauração, transportes e armazenagem. Ainda assim, apesar deste decréscimo, a maioria das empresas viu-se obrigada a investir em condições para que os seus trabalhadores conseguissem continuar a trabalhar, o que não se traduziu numa tarefa fácil.

Com o afastamento físico entre a empresa mãe e os seus empregadores, existiu a necessidade de adaptar a comunicação aos novos moldes atuais de trabalho. Começou a existir não apenas uma preocupação de comunicação face ao bom funcionamento das tarefas de cada um, como também uma comunicação que se traduza em motivação e empenho na execução das tarefas.

A boa e eficaz gestão de pessoas passa, cada vez mais, por uma correta e positiva comunicação entre ambas as partes, para que a ligação entre o empregado e o empregador se mantenha forte e coesa.

Segundo alguns dados portugueses citados pela revista Human Resources, em média, 63% das pessoas que estão em teletrabalho afirmam que a comunicação interna passou a ter um papel deveras importante nas suas vidas laborais. Para outros 73%, a produtividade e a concentração são as suas principais preocupações e, inda, 50% consideraram importante a formação sobre como gerir o trabalho e a família.

Foi precisamente neste contexto de nova realidade laboral que nasceu o conceito de comunicação positiva que pretende, especialmente, promover o reconhecimento, motivação e engajamento dos empregados à empresa mãe.

Reconhecimento, motivação e engajamento

Porque é que será que estas três palavras são tão importantes no mundo empresarial?

A motivação, palavra já tão bem conhecida de todos nós, é fundamental para que o empregado sinta vontade e vigor ao trabalhar, aumentando assim a sua produtividade. Já o reconhecimento prende-se com o valorizar o bom trabalho desse mesmo trabalhador, de forma a assegurar as suas funções. Por fim, o engajamento (ou reengajamento) das equipas, é fazer com que a equipa se identifique com os objetivos estratégicos da empresa, mesmo que em tempos de mudança.

Esta comunicação interna deve, então, ser feita de forma transparente, empática, regular e focada, de forma a garantir o sucesso de todos. Existir um plano de comunicação interna é fundamental para o bom funcionamento deste conceito.

Como colocar a comunicação positiva em prática?

  • Ouvir: é importante entender que as pessoas gostam de falar e ser ouvidas e que, na maioria das vezes, esses inputs são realmente importantes. Entender as dúvidas, limitações ou receios dos trabalhadores é fundamental para entender que mecanismos estão a faltar para o seu bem-estar e produtividade.
  • Ter um plano: ter um plano estratégico de comunicação é fundamental para saber exatamente quais os tópicos importantes a comunicar aos trabalhadores – especialmente em tempos de incertezas e mudanças. Valores, posicionamento estratégico ou objetivos a cumprir são alguns exemplos que devem constar deste plano estratégico.
  • Apostar nas pessoas e tecnologias: incentivar pequenas formações de adaptação ao digital, apostando no desenvolvimento dos trabalhadores é um ponto chave da comunicação positiva. Mostrar que as tecnologias são importantes e podem ser usadas das mais variadas formas, inclusive na ligação entre equipas ou gestão de emoções, é essencial para o sucesso. Criar campanhas digitais entre as equipas também é benéfico para a união entre os colaboradores.

Em suma, sabemos que a comunicação é – e sempre foi – o pilar do sucesso, seja ela em que contexto for. Por isso, especialmente em tempos de mudanças constantes, é tão importante apostar numa comunicação positiva que contrarie toda a incerteza que nos rodeia.

Voltar ao topo